Crónicas

Ser empreendedora: vantagens e desvantagens

 

Estou prestes a completar o meu terceiro mês como empresária. Dito assim até soa a algo pomposo, mas a verdade nua e crua é só uma: estou entre esse leque de pessoas que a determinada altura da vida decidiu aventurar-se num projecto próprio.

 

Coincidência ou não, nos últimos tempos, no âmbito da minha actividade como jornalista, tenho-me cruzado com vários casos idênticos ao meu. Pessoas que ousaram correr atrás dos seus sonhos, trocando um emprego certo pelo incerto e recusando ceder ao marasmo. Com todas as vantagens e desvantagens que daí advêm.

 

Efectivamente, o que mais salta à vista são as vantagens. Especialmente para quem está de fora – as outras pessoas têm uma tendência a achar que a nossa vida é mais fácil do que a delas, não é verdade?

 

Um destes dias, em conversa com uma amiga, ouvi a seguinte expressão: “Isso é óptimo. Agora não tens que cumprir horários”. Sim, é verdade. Mas o não ter horários implica, na maior parte das vezes, não ter uma hora certa para terminar o dia de trabalho – a jornada estende-se muito para além das oito horas diárias.

 

Essa amiga não sabe que trabalhar por conta própria, ser empreendedora, empresária, tem vários pontos a favor e, também, vários contra. Cabe, a cada um, pesar na balança e ver para que lado pende mais. Melhor dizendo: pesar na balança e tentar perspectivar para que lado penderá mais – é difícil ter certezas quando ainda se está a estudar a possibilidade de criar um negócio.

 

Cada caso é um caso, mas esta curta experiência como empreendedora já me permite apontar algumas vantagens e desvantagens. Fica a lista para quem ainda está em fase de reflexão.

 

Pontos fortes: motivação máxima; paixão pelo trabalho; horários de trabalho flexíveis; possibilidade de ter maiores rendimentos; crescimento pessoal e profissional.

 

Pontos fracos: incerteza e risco; burocracias inerentes à actividade empresarial; ausência de horários.

 

Nem tudo são rosas, é um facto. Em especial no início, quando o empresário é também a pessoa que tem de emitir facturas, levantar correspondência, efectuar pagamentos, tratar das burocracias, etc. Mas vale a pena correr atrás, poder contar, na primeira pessoa, o que é ousar ir mais além, sair da zona de conforto.

 

 

 

2 thoughts on “Ser empreendedora: vantagens e desvantagens

  1. Mas que grandes verdades Maria José, o que para os outros é só vantagens, para nós são tantas dores de cabeça. Mas esperando a bonança, continuamos a remar, nem que seja contra a maré, porque acreditamos nos nossos sonhos.
    Força…..

    1. Sandra, os grandes desafios são só para as pessoas GRANDES. Beijinhos para ti que és um belo exemplo de mulher empreendedora.

Deixar uma resposta