bem-estar&saúde

Esta “chef” quer ajudar-nos a ter uma alimentação saudável

Mais do que uma moda, a alimentação saudável merece ser um estilo de vida. E parece sê-lo cada vez mais, a avaliar pela quantidade de livros, websites e eventos centrados nesta temática que vão sendo dinamizados. A mensagem tem vindo a ser passada e muitos recebem-na com agrado, seja por questões de saúde ou de estética (manter o peso ideal). Com essa garantia: se a mensagem vir associada a um testemunho pessoal, que nos sirva de inspiração, tanto melhor.

É por essa razão que vale a pena olhar (com atenção) para o website Glow Chef e para as dicas e experiências reais nele publicadas -, que vêm incentivar ao estilo de vida saudável. E o que acaba por tornar toda a sua informação ainda mais interessante é o facto de ter partido da iniciativa de uma mulher igual a tantas outras. Sílvia Almeida apresenta-se como uma verdadeira “autodidacta”, alguém que colecciona “livros e experiências” e que, “com o tempo”, foi percebendo “como devia tratar o corpo e a mente” para se sentir “sempre super bem”. “E, já agora, para ir contrariando o passar dos anos”, admite.

Um projecto que já leva quatro anos de trabalho e muita pesquisa no panorama da alimentação internacional, associado ao gosto de Sílvia Almeida pela comida caseira, viva e saudável.

Este não é um programa de dietas

No Glow Chef, podemos encontrar inspiração e informação para prepararmos pratos saudáveis e simultaneamente deliciosos – desde o planeamento, à selecção de ingredientes e, sobretudo, à partilha de muitas receitas. Mas fica, desde já, o aviso: toda a informação ali partilhada “não pretende ser um programa de dieta para perder peso” nem “para curar uma doença específica”.

No fundo, o que Glow Chef nos propõe é uma descoberta das experiências da sua mentora “por mundos culinários diferentes, com uma boa componente de receitas alcalinas, receitas vegan e receitas paleo”.

Deixar uma resposta