cultura&ócio

Há um festival que além de espectáculos vai oferecer aulas de dança

O Cumplicidades – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa está aí à porta e este ano traz um convite irrecusável. Pelo menos, para aqueles que gostam de “abanar o esqueleto” e residem na zona de Lisboa. No início de Março, mais concretamente nos dias que antecedem o festival propriamente dito, vários locais de 15 freguesias de Lisboa vão acolher mais de 100 aulas abertas e gratuitas de dança. A iniciativa chama-se “Passaporte da Dança”, decorre este ano pela primeira vez e irá decorrer entre os dias 3 e 10 de Março, graças a uma parceria com nove juntas de freguesia e de mais de 30 escolas de dança e espaços culturais da cidade.

As aulas disponíveis vão do ballet e dança contemporânea ao folclore, passando pelas milongas, danças indianas, dança do ventre, “street dance”, “biodanza”, salsa ou “lindy hop”. O calendário das aulas disponíveis, bem como os locais onde irão decorrer, pode ser consultado no “site” do festival.

O “Passaporte da Dança” irá sendo documentado, em vídeo e fotografia, por alunos da Escola António Arroio, da ETIC e da World Academy, e o resultado será exposto no Museu do Aljube. A exposição é inaugurada a 16 de Março e fica patente até meados de abril.

Já os espectáculos do Cumplicidades, que vai para a sua 3.ª edição, decorrem entre os dias 10 e 16 de Março. A programação está, este ano, a cargo da bailarina e coreógrafa portuguesa Tânia Carvalho e do artista plástico e “performer” espanhol Abraham Hurtado.

A proposta de Tânia Carvalho é composta por “49 espectáculos: sete artistas em sete dias consecutivos em sete espaços diferentes” (Rua das Gaivotas 6, Teatro da Trindade, Negócio ZDB, Espaço Alkantara, Teatro Ibérico, CAL – Centro de Artes de Lisboa e Biblioteca de Marvila).
Já Abraham Hurtado lançou uma convocatória para seleccionar cinco artistas, à qual responderam cerca de 300, para criação de uma peça colectiva. Os cinco, provenientes de Espanha, Grécia, Turquia, Israel e Itália, estão já em residência em Blanca, Espanha, “para criarem e pensarem juntos o que vão apresentar em Lisboa”, revelou Hurtado.

 

 

2 comentários em “Há um festival que além de espectáculos vai oferecer aulas de dança

Deixar uma resposta