viagens&gastronomia

O Algarve vai encher-se de luz em pleno Outono

Para a grande maioria dos portugueses, Algarve é sinónimo de férias de Verão. Calor, praia e noites que não têm horas para terminar, são alguns dos ingredientes que levam tantos milhares de turistas a rumar ao Sul do país. Mas a verdade é que a região algarvia tem muito mais para oferecer e tem vindo a provar, cada vez mais, que não é apenas um destino de época de veraneio. Acreditem: vale bem a pena reservar uns dias destas épocas mais frias do ano para partir à descoberta de um outro Algarve, bem menos apinhado de gente, mas (quase) sempre iluminado com um sol resplandecente. Com essa nota adicional: nestes meses de época baixa (de Outubro de 2017 a Maio de 2018) há muitas propostas culturais à espera dos visitantes, ao abrigo de uma programação especial, designada “365 Algarve”.

Um dos pontos altos desse programa acontece entre os dias 24 e 26 de Novembro, em Loulé, e reside num festival que promete iluminar esta cidade algarvia, no distrito de Faro, com muita cor e luz. O LUZA, festival de iluminação artística, está prestes a chegar, prometendo surpreender o público com uma parada de tochas luminosas, projecções de “videomapping” e espectáculos de arte com areia em igrejas, entre outras actividades.

Artistas nacionais e estrangeiros

O festival receberá artistas nacionais e oriundos de outros países, como Espanha, França, Japão, Polónia, Reino Unido e Alemanha, estando prevista a realização, no dia 25, da conferência “Working with Light” (em português, “Trabalhar com a Luz”), na qual os artistas serão convidados para debater esta forma de arte.

A parada de tochas luminosas, que marca a abertura do evento, no dia 24, é, segundo a autarquia, um dos pontos altos do festival, sendo aberta à participação do público. Para o desfile serão disponibilizadas 2.000 tochas que, uma vez acesas, formarão um desenho “a ser revelado apenas no final da intervenção”.

Nos três dias do evento, a partir das 19 horas, haverá projeções de “videomapping” a cada 45 minutos, na fachada do mercado municipal de Loulé, no centro da cidade. A igreja de São Francisco também receberá, nos três dias, três sessões de arte com areia, que consiste em manipular e transformar a areia em figuras animadas, também o uso da luz.

Para aqueles que não conseguirem rumar ao Algarve neste último fim-de-semana de Novembro, fica a boa notícia. A programação “365 Algarve” tem muito mais para oferecer ao longo dos próximos meses.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s