viagens&gastronomia

É um dos 10 melhores restaurantes de Portugal. E percebe-se porquê

Não sei se deram conta, mas foram conhecidos, no final de Outubro, os 10 melhores restaurantes de Portugal, na categoria de alta gastronomia. O ranking do Tripadvisor – ou seja, feito com base na avaliação dos viajantes – é liderado pelo DOC, situado em Armamar, distrito de Viseu, de Rui Paula (sem dúvida, um dos meus favoritos), destacando ainda restaurantes como O Paparico (2.º), do Porto, o Cris’s (3.º), do Funchal, e o Belcanto (4.º), de José Avillez.

A lista prossegue, depois, com um outro restaurante digno de referência, uma vez que é a prova viva de que a alta gastronomia não é algo exclusivo das grandes cidades. Falo do Restaurante Oxalá, situado em Ovar, na região de Aveiro, e que há já alguns anos integra a minha lista de restaurantes de eleição. Aparece no ranking do Tripadvisor em 5.º lugar – à frente do Mini Bar de José Avillez, no Teatro São Luiz (6.º), do Restaurante dos Artistas, em Lagos (7.º), Restaurante do Forte, no Funchal (8.º), Ode Porto Wine House (9.º), e As Salgadeiras, em Lisboa (10.º).

Foi inevitável. Mal tive conhecimento da lista dos 10 melhores restaurantes de Portugal de 2017, pensei: está na altura de regressar ao Oxalá, em Ovar (tanto mais porque o espaço foi alvo de uma remodelação que eu ainda não tinha conhecido). Desejo concedido. Jantar no Oxalá agora considerado o quinto melhor restaurante de Portugal, mas que continua a ser o Oxalá de sempre: comida de qualidade e um serviço exemplar, num espaço bem decorado.

Uma das singularidades deste restaurante que está plantado de frente para a ria (virado para a Marina de Ovar) reside no serviço que é oferecido aos clientes logo à entrada – aqui até dá gosto esperar por mesa -, com as mesas de presuntos, queijos, salgadinhos, e outros petiscos, e a oferta de um copo de espumante. Tudo isto acompanhado do bom humor de um dos gerentes do espaço, Zé Rebelo – sempre pronto a contar umas anedotas ou a fazer uma graçola, rematadas, quase sempre, com a expressão “que cena” (é uma espécie de imagem de marca).

Já à mesa, garantidamente, irá render-se à variedade da lista de pratos da casa – isto para já nem falar da carta de vinhos e da garrafeira da casa. As especialidades passam pela Sinfonia Marítima, Robalo no Sal, Bacalhau à Lagareiro, Feijoada de Marisco, Camarão Oxalá, ou as Gambas à Angolana. Nas carnes, os destaques vão para o Churrascão e os Miminhos de Vitela. Para sobremesa, não tem como fugir a essa grande (e deliciosa) proposta: um Pão-de-Ló de Ovar – afinal de contas, estamos na terra dele. Também há fruta variada, mas será um grande pecado não provar o doce vareiro.

Seja qual for a escolha, a qualidade está garantida, assim como o requinte na apresentação dos pratos. No final, restará esse desejo: Oxalá consigamos regressar, em breve.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s