boa forma&saúde

Tudo a postos para começar a dizer adeus ao Verão?

 

É verdade que para muitas pessoas Setembro ainda é o mês de eleição para gozar as merecidas férias de Verão – com a vantagem de escaparem às “enchentes” de Agosto e aproveitarem viagens e estadias bem mais em conta -, mas não há como fugir à realidade. Não tarda nada, vamos ter de dizer “adeus” à mais quente das quatro estações do ano e começar a preparar a entrada no Outono (chega a 22 de Setembro).
Há por aí muito boa gente que já fica com os olhos a brilhar só de imaginar que, em breve, as botas e os casacos compridos vão ter de sair do armário, as ruas vão ser invadidas pelo cheiro a castanhas assadas e a lenha vai começar a crepitar nas lareiras. Mas essa não é a regra. Muito pelo contrário: muitas pessoas (entre as quais me incluo, confesso) sentem dificuldades em fazer a adaptação para a época de dias mais curtos e frios.
O truque pode estar em fazer a transição da melhor forma possível, com um sorriso nos lábios, aproveitando o melhor que os últimos dias de Verão têm para oferecer, sem deixar de começar a elencar, mentalmente, as coisas positivas que o Outono traz às nossas vidas.
No que diz respeito à primeira dica, são várias as opções disponíveis para usufruir em pleno desta recta final de época de veraneio: aproveitar os últimos dias de praia e de esplanada e programar ao pormenor os últimos fins-de-semana quentes de 2017, aceitando o convite para participar em festas e certames que têm essa capacidade de “cheirar” duplamente a Verão e Outono (festas e feiras de vinho e vindimas).

Um brinde e muitas caminhadas

De Norte a Sul do país, não faltam sugestões (em Lisboa, por exemplo, no dia 8 de Setembro, das 17 às 23 horas, o jardim do Lisbon Marriott Hotel  vai encher-se de apreciadores de vinhos e das coisas boas da vida, para a terceira edição da “Bye Bye Summer”, festa vínica organizada pela revista Paixão pelo Vinho  e  que este ano destaca, também, as cervejas artesanais portuguesas).
Já no que toca a programar a entrada no Outono, fica, desde já, a sugestão: esta pode ser a melhor altura do ano para partir à descoberta dos muitos trilhos pedestres que Portugal tem para oferecer aos amantes da natureza (com temperaturas menos altas, fica mais fácil subir e descer montanhas). Basta preparar as sapatilhas e a roupa confortável… e escolher. Nada como folhear o livro “Os 200 melhores percursos de trekking de Portugal” – um guia para principiantes que mostra os caminhos que a natureza possibilita e que estão à espera de quem por eles se aventure -, do jornalista Miguel Judas, para preparar um lista de caminhadas a cumprir. O importante é espantar a preguiça – e logo nos primeiros dias de Outono.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s