cultura&ócio

A grande festa do teatro de rua está prestes a tomar conta de Santa Maria da Feira

É já nos próximos dias 25, 26 e 27 de Maio, que o centro histórico de Santa Maria da Feira “volta a transformar-se num palco único de experiências para todas as idades”. O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua está de regresso, com um conjunto de propostas artísticas de todo o mundo.
São mais de 400 artistas, de 13 países, a protagonizar dezenas de espectáculos e intervenções que prometem fazer as delícias do público. Esta que é a 17.ª edição do Imaginarius acontece em simultâneo com FRESH STREET#2, o maior seminário internacional para profissionais das artes de rua – depois da primeira edição, em 2015, ter decorrido em Barcelona, viaja, agora, para Portugal.
Durante três dias, há muito para ver e sentir nos jardins, praças, ruas e outros espaços do centro de Santa Maria da Feira. Entre as produções internacionais, constam o espectáculo de grande formato “Pedaleando hacia el cielo” (Pedalando até ao céu), da companhia belga “Theater TOL”, e que propõe uma “reconquista do céu” através de projecções a 360 graus e com “anjos que pedalam as nuvens” (apresentações nas noites de 26 e 27, pelas 23h00 e 23h30, respectivamente).
Do Reino Unido vem o colectivo “Architects of Air”, com um “conjunto de labirintos caleidoscópicos que permite aos visitantes uma experiência sensorial única no interior de uma gigantesca instalação aberta a todos”. Também de terras de sua majestade chegam as companhias “NoFit State Circus” e “Motionhouse” apresentarão “Block”, que abordará com circo e dança a forma como o bloco de betão se tornou um elemento central e estrutural das cidades (apresentações ao final da tarde e à noite, nos dias 26 e 27).
Igualmente oriunda de além-fronteiras, mais concretamente do Brasil, chega “Cegos”, uma performance do grupo “Desvio Coletivo”, que pretende ser uma reflexão acerca do modo de vida contemporâneo, marcado pela luta pelo poder que petrifica as relações humanas: homens e mulheres, em trajes sociais, cobertos de argila e vendados, caminharão lentamente, interferindo poeticamente no fluxo quotidiano da cidade.

Instalações artísticas em destaque

Este 17.º Imaginarius ficará, também, marcado pelo regresso da instalação “A Donzela”, peça de renda que Joana Vasconcelos criou há dez anos com a ajuda da comunidade sénior e que agora voltará a decorar a torre de menagem do Castelo da Feira, após nova intervenção por artesãs locais. E por falar em instalações artísticas, fica essa nota: na Rua Roberto Alves já foi inaugurada a instalação “Canopy”, do colectivo português “FAHR 021.3”, que, até 11 de Junho, recorre a 126 metros de ripas de madeira suspensas para direccionar o olhar dos transeuntes para o Castelo.
O programa detalhado do Imaginarius está disponível do website do evento.

 

“Pedaleando hacia el cielo” é um dos destaques do cartaz

Performance “Cegos” chega do Brasil

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s