cultura&ócio

Feira ARCO regressa a Lisboa durante quatro dias

No ano passado, os portugueses renderam-se à aposta, afluindo em massa àquela que é a primeira feira da ARCO realizada fora de espanha, e a resposta aí está: a ARCOlisboa – Feira Internacional de Arte Contemporânea regressa à capital portuguesa em segunda edição, de 18 a 21 de Maio, com 58 galerias, 23 delas portuguesas, com o objectivo de converter-se numa “referência da arte contemporânea” na Europa.
A feira volta a ter como palco a Cordoaria Nacional e contará com representação de galerias de Lisboa, como Cristina Guerra, Pedro Cera, Vera Cortês e, do Porto, como Murias Centeno, Quadrado Azul – ambas com sede também na capital -, Fernando Santos ou Pedro Oliveira, e outros projectos de Braga (Mario Sequeira) e dos Açores (Fonseca Macedo). Do estrangeiro, estarão representadas, entre outras, galerias como Elba Benítez, Juana de Aizpuru, Giorgio Persano, Vermelho, Monitor e Zak Branicka.

Jovens galerias ganham espaço

Nesta segunda edição, o programa aposta numa novidade: a secção Opening, que terá, no seu programa, a participação de oito galerias nacionais e internacionais com menos de sete anos de antiguidade, seleccionadas por João Laia, escritor e comissário português. Esta secção mostrará uma representação de cena de jovens galerias portuguesas como Madragoa e Pedro Alfacinha, ambas de Lisboa, em diálogo com outras internacionais, como Dürst, Britt & Mayhew ou José García.
A organização da feira, a Institución Ferial de Madrid (que gere a Arco Madrid desde há 36 anos e criou a versão portuguesa), aposta, também, num programa de conferências abertas ao público, intituladas “Master Talks”, que decorrerão na Casa da América Latina, mesmo ao lado da Cordoaria. Descritas como “palestras magistrais”, vão trazer a Lisboa Manuel Borja-Villel, director do Museu Rainha Sofía, em Madrid; James Lingwood, codiretor da produtora Artangel; e Hans Ulrich Obrist, responsável pelas Serpentine Galleries, em Londres.
Para os amantes de arte, este é mais um evento a não perder devido à qualidade e quantidade de obras que estarão expostas. A feira funciona entre as 12h00 e as 20h00, excepto no último dia em que encerra às 18h00.

 

A primeira edição da ARCOlisboa contou quase 13.000 visitantes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s