cultura&ócio

A Madeira volta a dar “bailinho” em matéria de literatura

Aficcionados por literatura: está na altura de reservar viagem para a Madeira. Entre os dias 14 e 18 de Março, a ilha volta a ser palco de mais uma edição do FLM – Festival Literário da Madeira, evento que já conquistou um lugar de destaque no panorama cultural português.
Este ano, a iniciativa é centrada no tema “Literatura e a Web – entre o medo e a liberdade”, estando confirmada a presença de nomes como os de Pepetela, Valter Hugo Mãe, Miguel Sousa Tavares, Viriato Soromenho-Marques, Frederico Lourenço, Pedro Mexia, Svetlana Alexievich, Ondjaki, Daniel Jonas, entre muitos outros.
Está, assim, prometida uma semana de encontros, debates, concertos, sessões de autógrafos, entre outras acções. O grande momento musical do FLM acontece no dia 17 de Março (21h00), no Teatro Municipal Baltazar Dias, e será protagonizado por Teresa Salgueiro – antiga voz dos Madredeus e que, 2008, tem vindo a apostar num projecto a solo. Um concerto no qual irá apresentar “O Horizonte”, novo álbum que “promete ser uma agradável surpresa até para os seus mais devotos fãs”.
Já no que toca à literatura propriamente dita, o programa do festival prevê algumas sessões de lançamento de livros. Será o caso das obras “Pés Alados – Biografia de Telmo Ferreira”, de Sandra Nobre (dia 15, 20h00) e “Nossos Ossos”, de Marcelino Freire (dia 16, às 20h00). Referência ainda para a apresentação do livro “Depois do fim”, de Paulo Moura (dia 17, às 17h00).
De resto, o programa reserva lugar de destaque para várias conversas protagonizadas pelos autores convidados desta edição. A primeira de todas acontece logo na sessão de abertura (dia 14 de Março, às 18h00) e conta com Svetlana Alexievich, autora galardoada com o Prémio Nobel em 2015, que estará à conversa com o jornalista Luís Caetano.
O Prémio Pulitzer de 2013, o autor americano Adam Johnson, será a “estrela” da sessão de encerramento, partilhando o palco com Miguel Sousa Tavares e Paulo Mora (moderador).
Ainda que o epicentro do FLM seja o Teatro Municipal Baltazar Dias, a organização promete, à semelhança das edições anteriores, realizar algumas iniciativas fora do Funchal – a divulgar oportunamente. O programa detalhado do festival está disponível do site do evento.

 

flm2017_1920-01

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s