viagens&gastronomia

“A mais espantosa experiência gastronómica do país” está de volta

Importa, desde já, deixar a ressalva: esta não é uma proposta acessível a todas as bolsas – mas como é feita com alguma antecedência pode ser que dê para fazer umas poupanças até Maio. Falamos do “The Presidential”, o evento que põe o antigo comboio presidencial nos carris da Linha do Douro, com gastronomia e vinhos à mistura, e que vai ter uma nova edição – depois do sucesso alcançado em 2016 – ainda mais tentadora. Porquê? A viagem vai ser ainda mais longa, “com percurso de 9 horas até ao Alto Douro”; o evento vai estender-se por mais dias; e vai contar com uma “selecção dos mais aclamados chefs do mundo, premiados com estrelas Michelin”, é ainda anunciado no site do “The Presidential”.

Entre as novidades prometidas para a edição deste ano estão também o “acesso à mais emblemática Quinta privada do Douro, a Quinta do Vesúvio, com prova de vinhos do Porto”, bem como um “salão de chá, bar com música ao vivo e outras surpresas na viagem de regresso”. Esta proposta, que se auto proclama “a mais espantosa experiência gastronómica do país”, irá decorrer entre os dias 3 e 7, 10 e 14, 20 e 21, e 24 a 28 de Maio.

As reservas já podem ser feitas no website do evento, sendo que cada bilhete tem um custo de 500 euros, mas com acesso a vários produtos e brindes. Inclui a viagem São Bento – Quinta do Vesúvio – São Bento, o menu de degustação de 4 pratos, a harmonização de vinhos, o acesso à Quinta do Vesúvio, a prova de vinhos do Porto, bar com música ao vivo, salão de chá e um “gift bag” com um livro de colecção autografado pelo chefe responsável nesse dia.

 

Porquê “espantosa”?

Aqueles que não acompanharam as reportagens alusivas à edição de 2016 poderão estar, por esta altura, a questionar-se sobre o que torna esta experiência tão “espantosa”? Tal fica a dever-se a três “ingredientes” especiais. Começando, desde logo, pela possibilidade de viajar no antigo comboio presidencial português, que recebeu Chefes de Estado entre 1910 e 1970.

Segundo “ingrediente”: a possibilidade de apreciar a paisagem ímpar de toda a linha do Douro, ao longo de praticamente todo o dia (a experiência prolonga-se desde as 10h45 até às 20h30). Por último – e não menos importante –, a possibilidade de ter acesso às criações de renomados chefes internacionais, como é o caso do dinamarquês Esben Holmboe Bang, do restaurante Maaemo, com três estrelas Michelin – que vai abrir o evento, entre os dias 3 e 7 de Maio.

 

thepresidencial

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s