viagens&gastronomia

Férias de Carnaval: a mesma festa, com ritmos diferentes

Já falta pouco para o Carnaval, festividade que para muitos é, também, sinónimo de férias – a paragem das actividades lectivas nas escolas acaba por revelar-se uma boa oportunidade para programar uma “escapadinha” em família. São muitas as propostas para esta época do ano dada à folia, com opções para todos os gostos e bolsas. E mesmo que a ideia passe por celebrar ao máximo o Carnaval – com máscaras, fantasias e tudo aquilo a que tem direito – há várias possibilidades em cima da mesa. Só terá de escolher qual o estilo de festejos que melhor se adapta aos seus gostos pessoais e orçamento disponível.

Uma das principais propostas passa por uma viagem até ao país onde o Carnaval é “rei e senhor”: o Brasil, claro está! A festa maior acontece no Rio de Janeiro – reconhecida como a capital mundial do Carnaval -, na certeza de que há outras celebrações dignas de registo (e de uma visita!). É o caso das cidades de Salvador, Recife e Olinda. Ainda que aconteçam todas no mesmo país, debaixo de um calor tórrido, apresentam, cada uma delas, estilos bem diferentes. Mas há argumentos de peso que o poderão levar a optar por passar o Carnaval em Recife e em Olinda: além da festa ser completamente livre (não precisa de gastar balúrdios para entrar num sambódromo), irá encontrar por aqui raízes portuguesas (exemplo: em Olinda, uma das principais figuras de cartaz são os gigantones). O preço dos voos entre Lisboa e Recife (ida e volta/TAP) para a época de Carnaval andam na ordem dos 1.450 euros.

 

olinda

Créditos da foto: Prefeitura de Olinda

Veneza é outro dos destinos de eleição para quem gosta de celebrar o Carnaval, ainda que de uma forma completamente diferente. Um dos príncipes ícones dos festejos carnavalescos de Veneza reside na elegância das fantasias e das famosas máscaras, inspiradas nos trajes dos séculos XVII e XVIII, ou nas personagens que figuram os conhecidos pierrots.
O bom gosto é uma das imagens de marca das festas que acontecem cidade – há inúmeros concertos e bailes que vão tomando conta das praças e palácios de Veneza – e que começam duas semanas antes do fim-de-semana de Carnaval. Os festejos arrancam já no dia 11 e a olhar para o programa oficial até dia 28 há muita coisa a acontecer nesta cidade italiana.

veneza

Créditos da foto: Organização Carnaval de Veneza

Para aqueles que optam por ficar em território português, fugindo aos gastos com viagens de avião, também não faltam programas de férias de Carnaval, em especial nas cidades que apostam forte nos festejos e corsos carnavalescos. De Norte a Sul do país, há muito por onde escolher entre as festividades mais dadas a imitar os ingredientes do Carnaval brasileiro ou as propostas que se mantêm fiéis à tradição portuguesa. É o caso do Entrudo de Lazarim que se auto intitula “o mais genuíno Entrudo de Portugal” – e não ousamos desmenti-lo.
Numa festa onde não há lugar para o samba, nem quaisquer outros ingredientes oriundos de além-mar, são os Caretos as figuras de cartaz. São figuras diabólicas apresentadas em máscaras esculpidas em madeira de amieiro – por artesãos locais – que percorrem as ruas de Lazarim, numa encenação carregada de simbolismo. Entre os dias 25 e 28, os “caretos andam à solta”, numa festa que, à boa maneira portuguesa, aposta forte na gastronomia portuguesa (programa disponível no website do evento).

 

Caretos de Lazarim

Créditos da foto: Câmara Municipal de Lamego

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s